TSE decidirá futuro administrativo de Muquém do São Francisco



O candidato do (PP) já havia sido escolhido com mais de 50% dos votos nas eleições municipais realizadas no mês de outubro de 2012, porem teve  a candidatura indeferida por não ter apresentado a certidão de antecedentes criminais da Justiça Federal de 2º grau. 

Uma nova eleição foi marcada e o candidato eleito com mais de 50% dos votos, no caso Marcio Mariano, teve o direito assegurado pela legislação de concorrer novamente. Segundo a legislação eleitoral, quando o eleito tem mais de 50% dos votos e a candidatura é barrada, deve ser feito novo pleito. Quando o candidato cujos votos tenham sido anulados recebeu menos de 50% dos votos, assume o segundo colocado. 

Após quase oito meses administrada pelo Presidente da Câmara de Vereadores e está vivendo um caos administrativo, na próxima terça-feira, enfim o município de Muquém do São Francisco pode conhecer seu novo gestor. Fonte: www.fernandopop.com 
Proxima Proxima
Anterior Anterior

Lojas Dubelo - Promoção

Lojas Dubelo - Promoção