Boquira: Adolescente é morta a pedradas por ex que não aceitava fim de namoro



Uma adolescente de 15 anos foi morta depois de ser agredida com uma série de pedradas no rosto, no povoado de Descoberta, zona rural de Boquira, no sudoeste da Bahia. Segundo informações registradas na delegacia da cidade, o principal suspeito é o seu ex-namorado, de 23 anos, que teria cometido o crime porque não aceitava o fim do relacionamento.

"O que houve foi que ela terminou o relacionamento e ele não se conformou. Por volta das 19h30 [do domingo], ele seguiu a menina, que estava com quatro amigas, e começou as agressões. Enquanto ela tentava fugir, ele pegou uma pedra de um quilo e começou a bater no rosto da jovem, que ficou completamente desfigurado", disse Genivaldo Rodrigues, delegado do município. As amigas da vítima que presenciaram o crime pediram ajuda à polícia. Socorrida, ela foi levada ao hospital municipal, mas já estava sem vida.

Após o crime, o suspeito conseguiu fugir, mas foi detido em seguida, quando estava em casa. "No depoimento, ele falou que matou porque estava com raiva da menina e do pai, que não aceitava o namoro por ela ser jovem. O pai queria que ela estudasse para depois se envolver em relacionamentos", disse o delegado.

A adolescente foi enterrada na terça-feira (1º), no cemitério municipal. O suspeito deverá responder pelo crime de homicídio qualificado, com pena que varia entre 15 e 30 anos de prisão, informou Genilvaldo Rodrigues. Informações G1 Bahia.
Proxima Proxima
Anterior Anterior

Lojas Dubelo - Promoção

Lojas Dubelo - Promoção