Estudo aponta exercício físico como tão eficaz quanto remédio para reduzir risco de morte



A prática de exercícios físicos pode ser tão eficaz quanto alguns medicamentos para reduzir risco de morte em pessoas com Acidente Vascular Cerebral (AVC – ou derrame) ou com doenças cardíacas. A constatação é de uma pesquisa das universidades School of Economics, Harvard Medical School e School of Medicine da Universidade de Stanford, publicada nesta quarta-feira (2). As instituições compararam os resultados de vários estudos para determinar a eficácia do exercício e a dos medicamentos em pessoas com doenças cardíacas, história de Acidente Vascular Cerebral, pré-diabetes e insuficiência cardíaca. Para alcançar os resultados, foram analisados 305 ensaios clínicos, com mais de 339 mil pessoas envolvidas. De acordo com os cientistas, são necessparios mais estudos para avalizar a descoberta, por conta da escassez de informação sobre o tema. A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta a inatividade física como o quarto principal fator de risco para a mortalidade global, com a estimativa de causa de 3,2 milhões de mortes por ano no mundo. Informações da France Presse. 
Proxima Proxima
Anterior Anterior

Lojas Dubelo - Promoção

Lojas Dubelo - Promoção