Paratinga

Para informações e matrículas: (77) 99997-8580

Oeste baiano

Bahia

Brasil

Futebol

Faça sua Pós Graduação à distância - MatrículaS: (77) 99997-8580

Quer alavancar seu crescimento profissional? Com os nossos cursos de Pós-Graduação EAD você adquire o conhecimento que precisa para ser o profissional que o mercado busca! E ainda com flexibilidade de horário! Aproveite nossos cursos a partir de R$ 95,00* por mês! Nas áreas de SAÚDE, EDUCAÇÃO, SOCIAL, EMPRESARIAL, MBA, JURÍDICO E TEOLOGIA. Diploma com mesmo valor de ensino presencial. Cursos Reconhecidos pelo MEC. Garanta já sua vaga! Matricule-se agora! A instituição responsável é o Instituto Pró Saber, que mantém um convênio de apoio logístico e operacional com a UCAM – Universidade Cândido Mendes, para oferta de cursos de Pós-Graduação Lato Sensus, Extensão e Aperfeiçoamento com o melhor preço de mercado e na modalidade 100% EAD, o Instituto Pró Saber está localizado na cidade de Feira de Santana – BA. Para informações e matrícula: (77) 99997-8580 (77)98814-4014.
, Unlabelled

Nova decisão do Tribunal de Justiça torna Oziel Oliveira inelegível novamente


O Tribunal de Justiça da Bahia revogou quinta-feira 12 e fez publicar ontem, 13 de dezembro, liminar em ação cautelar obtida pelo dep. Oziel Oliveira, durante a campanha eleitoral, contra decisão do Tribunal de Contas do Estado e do juiz eleitoral de Primeira Instância, que o tornara inelegível, não acatando, na oportunidade, a sua candidatura. Com a liminar na mão, concedida em decisão monocrática, Oziel participou da campanha municipal, como candidato a prefeito de Luís Eduardo Magalhães.  O Deputado volta a ser inelegível até 2019, já que a decisão do Tribunal de Contas do Estado transitou em julgado em 2011. Para alterar essa decisão, só o entendimento do Supremo Tribunal Federal.

O enquadramento na Lei da Ficha Suja.

A Lei da Ficha Limpa, Lei da Ficha Suja ou Lei Complementar nº. 135 de 2010 é  legislação brasileira que foi emendada à Lei das Condições de Inelegibilidade ou Lei Complementar nº. 64 de 1990 originada de um projeto de lei de iniciativa popular idealizado pelo juiz Márlon Reis que reuniu cerca de 1,3 milhão de assinaturas com o objetivo de aumentar a idoneidade dos candidatos.

A lei torna inelegível por oito anos um candidato que tiver o mandato cassado, renunciar para evitar a cassação ou for condenado por decisão de órgão colegiado (com mais de um juiz), mesmo que ainda exista a possibilidade de recursos.

O Projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados no dia 5 de maio de 2010 e também foi aprovado no Senado Federal no dia 19 de maio de 2010 por votação unânime. Foi sancionado pelo Presidente da República, transformando-se na Lei Complementar nº 135, de 4 de junho de 2010. Esta lei proíbe que políticos condenados em decisões colegiadas de segunda instância possam se candidatar. Em fevereiro de 2012, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou a lei constitucional e válida para as próximas eleições que forem realizadas no Brasil, e isso representou uma vitória para a posição defendida pelo Tribunal Superior Eleitoral nas eleições de 2010. Fonte Jornal O Expresso | Foto divulgação
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Saiba mais sobre as Pós Graduações do Instituto Pró Saber

Matrículas: (77) 99997-8580 ou (77)98814-4014

Lojas Dubelo

Lojas Dubelo

SUPERMAIS

CONSTRUVALE

Mais lidas do mês