Detendo que matava em Pedrinhas foi esquartejado e cabeça jogada em lixo

Cledeílson de Jesus Cunha, o “Berruga” 37 anos, foi assassinado de maneira brutal dentro do Centro de Ressocialização no Município de Santa Inês, que possui capacidade para 78 pessoas, mas atualmente abriga 94 detentos.  O crime ocorreu na tarde de quarta-feira 22/01.

O detento tinha sido transferido da capital para Santa Inês no mês de outubro do ano passado, quando a Casa de Detenção (Cadet) de Pedrinhas foi depredada durante rebelião que resultou na morte de nove detentos e 20 feridos.

“Berruga” fazia parte do grupo de presidiários que teria cometido diversos assassinatos dentro da Casa de Detenção (Cadet), em Pedrinhas.

Com esse, já somam quatro detentos mortos em presídios maranhenses, em 2014. A cabeça do detento assassinado foi encontrada em um balde de lixo da penitenciária. As outras partes do corpo estavam jogada no corredor do Centro de Ressocialização Por: Blog Domingos da Costa
Proxima Proxima
Anterior Anterior

Lojas Dubelo - Promoção

Lojas Dubelo - Promoção