Paratinga

Para informações e matrículas: (77) 99997-8580

Oeste baiano

Bahia

Brasil

Futebol

Faça sua Pós Graduação à distância - MatrículaS: (77) 99997-8580

Quer alavancar seu crescimento profissional? Com os nossos cursos de Pós-Graduação EAD você adquire o conhecimento que precisa para ser o profissional que o mercado busca! E ainda com flexibilidade de horário! Aproveite nossos cursos a partir de R$ 95,00* por mês! Nas áreas de SAÚDE, EDUCAÇÃO, SOCIAL, EMPRESARIAL, MBA, JURÍDICO E TEOLOGIA. Diploma com mesmo valor de ensino presencial. Cursos Reconhecidos pelo MEC. Garanta já sua vaga! Matricule-se agora! A instituição responsável é o Instituto Pró Saber, que mantém um convênio de apoio logístico e operacional com a UCAM – Universidade Cândido Mendes, para oferta de cursos de Pós-Graduação Lato Sensus, Extensão e Aperfeiçoamento com o melhor preço de mercado e na modalidade 100% EAD, o Instituto Pró Saber está localizado na cidade de Feira de Santana – BA. Para informações e matrícula: (77) 99997-8580 (77)98814-4014.
, Unlabelled

Mulher grávida é apedrejada até a morte por pai, irmão e parentes, depois de se apaixonar por “homem errado”


Farzana Iqbal, de 25 anos, foi apedrejada após se casar com homem com quem se apaixonou.

Uma mulher grávida foi apedrejada até a morte por membros de sua própria família depois dela se apaixonar pelo homem errado (de acordo com a crença de seus parentes). Farzana Iqbal, de 25 anos, foi atacada com tijolos por pelo menos doze homens, incluindo seu pai, irmão e ex-noivo.

A mulher sofreu ferimentos graves na cabeça e foi declarada morta no hospital. A polícia de Lahore, no Paquistão, disse que todos os suspeitos fugiram, exceto o pai da vítima. 

Ele admitiu ter matado sua filha, explicando que se tratava de uma questão de honra. A família tinha arranjado um casamento para Farzana, com seu próprio primo, mas ela havia se casado com outro homem e estava grávida.

Muitas famílias paquistanesas acreditam que casamentos no qual a mulher escolhe o homem traz desonra para a família.

A família de Farzana havia registrado um caso de sequestro contra o marido, mas ela relatou que havia se casado de vontade própria. 


Cerca de 1.000 mulheres paquistanesas são mortas a cada ano por suas famílias em crimes de honra, de acordo com grupos de direitos paquistaneses da Fundação Aurat.

Reprodução: R7


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Saiba mais sobre as Pós Graduações do Instituto Pró Saber

Matrículas: (77) 99997-8580 ou (77)98814-4014

Lojas Dubelo

Lojas Dubelo

SUPERMAIS

CONSTRUVALE

Mais lidas do mês