Governo autoriza abertura de 160 vagas para medicina na Bahia


O Governo Federal aprovou a criação de 160 novas vagas de graduação em cursos de medicina na Bahia. Três instituições do estado estão sendo contempladas: Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco, em Paulo Afonso (40 vagas); Universidade Federal do Sul da Bahia, em Teixeira de Freitas (80); e Universidade Federal do Oeste da Bahia, em Barreiras (40). Ao todo, oito cursos de instituições de seis estados do Nordeste, Sudeste e Centro-oeste receberam autorização para criar 420 novas vagas.

A medida foi publicada na terça-feira (13) no Diário Oficial da União (Portaria 274) e as vagas 
serão oferecidas já a partir segundo semestre deste ano. A expansão na formação médica faz parte de uma série de medidas estruturantes que integram o Programa Mais Médicos, com foco na diminuição da carência de profissionais médicos no país e na expansão do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). 

Pelo programa, serão criadas 11.447 novas vagas de medicina e 12.372 vagas de residência até 2017. “Essa medida vai permitir que a médio e longo prazo tenhamos médicos suficientes para trabalhar em todos os cantos do nosso país”, destaca o ministro da Saúde, Arthur Chioro. “A ampliação do número de vagas vai ajudar também a levar os alunos de medicina para serem formados em municípios do interior do país, contribuindo para fazer um Brasil mais equilibrado, mais igual, com mais oportunidades e capacidade de resolver os problemas de saúde”, ressalta Chioro.
AMPLIAÇÃO – Além de instituições públicas, a expansão de vagas também será implementada em universidades particulares. Conforme preveem as regras do Mais Médicos, essas instituições de ensino precisam estar em localidades que atendam à necessidade social da oferta de curso de medicina, além de contar estrutura de equipamentos públicos e programas de saúde no município. O Ministério da Educação já pré-selecionou 49 municípios aptos para expansão que estão recebendo visitas técnicas para verificação do cumprimento dos critérios pré-estabelecidos. As cidades contempladas estão distribuídas em 15 estados das cinco regiões do país.

MAIS MÉDICOS - Lançado em julho de 2013 pela presidenta Dilma Rousseff, o Programa Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do SUS, com o objetivo de aperfeiçoar a formação de médicos na Atenção Básica, ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país e acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde.

Os profissionais do programa cursam especialização em atenção básica, com acompanhamento de tutores e supervisores. Para participar da iniciativa, eles recebem bolsa formação de R$ 10,4 mil por mês e ajuda de custo pagos pelo Ministério da Saúde. Em contrapartida, os municípios ficam responsáveis por garantir alimentação e moradia aos participantes.

Além da ampliação imediata da assistência em atenção básica, o Mais Médicos prevê ações estruturantes voltadas à expansão e descentralização da formação médica no Brasil. (Agência Saúde).
Proxima Proxima
Anterior Anterior

Paratinga 3 x 1 Barreiras - Intermunicipal - Melhores momentos