Paratinga

Para informações e matrículas: (77) 99997-8580

Oeste baiano

Bahia

Brasil

Futebol

Faça sua Pós Graduação à distância - MatrículaS: (77) 99997-8580

Quer alavancar seu crescimento profissional? Com os nossos cursos de Pós-Graduação EAD você adquire o conhecimento que precisa para ser o profissional que o mercado busca! E ainda com flexibilidade de horário! Aproveite nossos cursos a partir de R$ 95,00* por mês! Nas áreas de SAÚDE, EDUCAÇÃO, SOCIAL, EMPRESARIAL, MBA, JURÍDICO E TEOLOGIA. Diploma com mesmo valor de ensino presencial. Cursos Reconhecidos pelo MEC. Garanta já sua vaga! Matricule-se agora! A instituição responsável é o Instituto Pró Saber, que mantém um convênio de apoio logístico e operacional com a UCAM – Universidade Cândido Mendes, para oferta de cursos de Pós-Graduação Lato Sensus, Extensão e Aperfeiçoamento com o melhor preço de mercado e na modalidade 100% EAD, o Instituto Pró Saber está localizado na cidade de Feira de Santana – BA. Para informações e matrícula: (77) 99997-8580 (77)98814-4014.
, Unlabelled

Oposição entra com ação no TSE contra Dilma por discurso do 1º de maio


Os partidos DEM e PSDB ingressaram, nesta segunda-feira (5), com duas ações no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a presidente Dilma Rousseff (PT) por propaganda eleitoral antecipada, devido ao último pronunciamento feito pela mandatária em rede nacional da rádio e TV.

Para a oposição, as medidas anunciadas na véspera do Dia Nacional do Trabalho, como a correção do Imposto de Renda e o reajuste do Bolsa Família, objetivaram a reeleição da petista ao Palácio do Planalto. Os contrários ingressarão com uma terceira ação contra a presidente na Procuradoria-Geral da República (PGR), com a acusação de improbidade administrativa por divulgação de "propaganda ilegal". A alegação é um novo artigo incluído na legislação eleitoral, aprovado pelo Congresso e sancionado por Dilma, que veda a convocação de cadeia de rádio e TV para divulgação de atos que "denotem propaganda política ou ataques a partidos políticos e seus filiados ou instituições". 

No discurso, a chefe de Estado também defendeu a Petrobras, que tem sido alvo de apuração da Polícia Federal , e rebateu as críticas da oposição. “Não vou ouvir calada a campanha negativa dos que, para tirar proveito político, não hesitam em ferir a imagem dessa empresa que o trabalhador brasileiro construiu com tanta luta, suor e lágrimas”, afirmou. O presidente do DEM, o senador José Agripino Maia (DEM-RN), disse que a presidente desrespeita uma lei que foi sancionada por ela mesma. "São agressões da presidente ao que a lei fala. Como uma política de valorização do salário mínimo vai continuar se ela pode não ser reeleita? Como ela promete algo que não sabe se vai poder cumprir?", apontou o democrata. Para o PSDB, Dilma usou o pronunciamento para fazer ataques a adversários políticos e fez pedido explícito de voto. Com informações da Folha.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Saiba mais sobre as Pós Graduações do Instituto Pró Saber

Matrículas: (77) 99997-8580 ou (77)98814-4014

Lojas Dubelo

Lojas Dubelo

SUPERMAIS

CONSTRUVALE

Mais lidas do mês