Pecuarista de Ibotirama já recebeu quase R$ 10 mil do bolsa-pesca


O beneficiário do programa Bolsa-Pesca em Ibotirama, Dimas Crisostomo da Silva, conhecido como Dimas do Juá Novo, já recebeu R$ 8.294 do governo federal para auxiliá-lo durante o período do defeso, onde os pescadores artesanais são proibidos de pescar por conta da reprodução da piracema, quando não se é permitido pescar no Rio São Francisco. O problema é que Dimas do Juá Novo, conforme revelou reportagem do jornal A Tarde neste último final de semana, é dono de propriedade rural e sua atividade é gado. 

Em entrevista ao diário baiano, o beneficiário, que se candidatou a uma das vagas da Câmara Municipal em 2012, é proprietário de 35 hectares de terra no município e diz que o rebanho bovino, segundo ele 20 cabeças, pertence à família. Conforme apurou reportagem, desde 2011 Dimas recebe o benefício pago através do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). 

A primeira parcela paga há três anos foi de R$ 540. A última, sacada em março deste ano foi de R$ 724. No total, o criador de gado já recebeu 13 parcelas para garantir seu sustento enquanto estava impossibilitado de pescar. Conforme dados do Portal da Transparência, o governo já repassou para Ibotirama, R$ 26,6 milhões para contemplar  3.222 supostos pescadores que estão registrados no programa. (Bocão News).
Proxima Proxima
Anterior Anterior

Destaque

Paratinga mantêm sina de jogar bem fora de casa, vence LEM por 1 a 0 e lidera grupo 13

Nesta tarde em Luís Eduardo Magalhães, a seleção de Paratinga enfrentou a seleção local. LEM vinha de vitória em casa contra Barreiras ...