Vitória da Conquista é cidade baiana com mais mortes de homossexuais, aponta GGB


Um relatório sobre assassinatos de homossexuais no país apontou Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, como a cidade com mais crimes contra gays no estado. Em 2014, foram quatro mortes na cidade, enquanto que o estado registrou 24 mortes. No país, foram 326 óbitos, um aumento de 4,1% em relação a 2013, que registrou 313 vítimas fatais. 

De acordo com o relatório organizado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), as cidades de Salvador, Santa Brígida e Teixeira de Freitas, registraram três mortes no ano passado. A capital baiana, junto com Porto Alegre, Curitiba e Macapá, são as capitais menos problemáticas aos homossexuais.

No Nordeste, segunda região mais perigosa para gays (2,1 mortes por milhão de habitantes), a primeira é o centro oeste (2,9 mortes por milhão) os estados da Paraíba e do Piauí são os mais violentos para a população LGBT, com 4,5 e 4,1 mortes por milhão. No país, a relação é de 1,6 mortes por milhão de pessoas. 

Ainda de acordo com o relatório, os estados de São Paulo e Minas Gerais foram os que mais mataram gays, com 50 e 30 mortes, respectivamente. Para o antropólogo e fundador do GGB, Luiz Mott, quatro iniciativas podem combater os crimes contra homossexuais: educação sexual; aprovação de leis afirmativas que garantam cidadania plena da população LGBT; punição contra os crimes homo/transfóbicos; e maior cuidado dos homossexuais nas relações. (Bahia Notícias). 
Proxima Proxima
Anterior Anterior

Lojas Dubelo - Promoção

Lojas Dubelo - Promoção