Paratinga

Oeste baiano

Bahia

Brasil

Futebol

Irregularidade em instalação de curso de Medicina em Gunambi será apurada pelo MEC


Uma suposta fraude envolvendo a instalação de um curso de medicina privado em Guanambi, no Sertão Produtivo, sudoeste, será apurada pelo Ministério da Educação (MEC). O caso se refere a uma possível troca de pareceres em uma concorrência pública que teria beneficiado uma entidade do ex-ministro do Turismo Walfrido Moraes.

Segundo reportagem do Estadão,  a seleção das entidades para instalação do curso de Medicina se deu por meio do Programa Mais Médicos, durante o governo de Dilma Rousseff. A intenção era reduzir a carência de profissionais de medicina no país em médio prazo. O edital chegou a ser alterado, com inversão de fases de avaliação, além da inclusão de novos critérios de análise, mesmo após o início do processo, o que causou polêmica e levou o Tribunal de Contas da União (TCU) a paralisar a seleção por nove meses, entre outubro de 2015 e julho de 2016. Ainda conforme a reportagem, a estimativa é de que, em pleno funcionamento, um curso desse renda ao menos R$ 26 milhões/ano.

A classificação final, que envolveu a análise das condições apresentadas pelas instituições em três etapas, foi divulgada pelo MEC em 10 de julho de 2015. Naquela data, foi anunciada como primeira colocada para montar o curso em Guanambi a Sociedade Padrão de Educação Superior, mantenedora das Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros (FIPMoc), com sede na cidade do Norte de Minas. A entidade tem como um dos sócios a Samos Participações, de Walfrido. Em resposta, a Sociedade Padrão de Educação Superior informou que a participação no certame ocorreu mediante os critérios no edital.

A instituição alega ainda ter sabido da classificação em primeiro lugar “no momento em que o fato se tornou público” e “desconhece a existência” de pareceres que divergem do resultado. Ainda segundo a entidade, durante o processo de seleção, a instituição “jamais solicitou” revisão de avaliações feitas pelo MEC. (Bahia Notícias).
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Mais lidas da semana