Barreiras: Ex-prefeita Jusmari é condenada a três anos de prisão por fralde em licitação




A justiça acolheu denúncia formulada pelo Ministério Público estadual em 2012 e condenou a ex-prefeita do município de Barreiras Jusmari Terezinha Souza Oliveira por frade em licitação. Ela foi condenada a três anos de reclusão, mas teve pena substituída por prestação de serviço à comunidade. A ex-prefeita também deverá pagar multa de 4% do valor de R$ 8,3 milhões ao município de Barreiras e foi proibida de exercer cargos, função, emprego ou atividade perante à administração pública por três anos.

A denúncia do MP foi oferecida pela Procuradoria-Geral de Justiça ao Tribunal de Justiça em fevereiro de 2012, quando Jusmari Oliveira ainda era prefeita de Barreias. Após a perda do foro privilegiado da ex-gestora, o processo passou a tramitar na comarca de Barreiras, com atuação da 1º Promotoria de Justiça, cujo titular é o promotor de Justiça André Luiz Silva Fetal.

A sentença foi proferida no último dia 22 pelo Juiz Gabriel de Moraes Gomes. Na ação penal, o MP acusou a ex-prefeita de fraudar o caráter competitivo do procedimento licitatório de medicamento licitatório de medicamentos, materiais hospitalares, odontológicos e de laboratório, ocorrido em 2009. (Conteúdo jornaldachapada).
Proxima Proxima
Anterior Anterior

Destaque

Em Paratinga, Governador Rui entrega obras e autoriza convênio do Bahia Produtiva

O governador Rui Costa entregou, nesta quinta-feira (22), um c...